Skip to content

Cafés diferenciados geram US$ 455,4 milhões com exportações que correspondem a 20,7% do total da receita cambial do setor

As exportações dos Cafés do Brasil nos cinco primeiros meses de 2020 atingiram um volume físico que corresponde a aproximadamente 16,57 milhões de sacas e receita cambial de US$ 2,2 bilhões ao preço médio de US$ 133,06 a saca de 60kg. Desse volume físico, os cafés verdes da espécie arábica, com 13,43 milhões de sacas exportadas, corresponderam a 81%, e os cafés robustas, com 1,49 milhão de sacas, em torno de 8,9%. Com relação aos cafés industrializados, o solúvel com 1,63 milhão de saca que equivaleram a 9,8%, enquanto que os cafés torrados e moídos, que exportaram apenas 8,34 mil sacas, corresponderam a menos de 1% do volume total.

Neste mesmo contexto, especificamente em relação ao desempenho das exportações de café no mês de maio deste ano de 2020, o volume físico total vendido aos países importadores equivalente a sacas de 60kg, para todos os tipos de cafés descritos anteriormente (café verde, solúvel e torrado & moído), foi de 2,97 milhões de sacas. E a receita cambial gerada nesse mês com essas exportações foi de US$ 370,7 milhões, com preço médio da saca a US$ 124,44, montante que representou uma alta de 5,2% em relação a maio de 2019.

Com relação ainda ao desempenho das exportações do setor cafeeiro, somente no mês de maio de 2020, há que se registrar que o café conilon (robusta) apresentou crescimento nas suas vendas de 4,7%, em relação ao mesmo mês do ano passado, com 484,1 mil sacas vendidas, volume que corresponde a 16,3% da participação das exportações por variedade. E, quanto ao café da espécie arábica, tais vendas representaram 73,8% do volume total de café exportado nesse mês, com 2,2 milhões de sacas vendidas aos importadores, número que representou uma expressiva queda de 27,3% em comparação com o desempenho do mesmo mês de 2019. Por fim, registre-se que as vendas do café solúvel representaram 9,9% das exportações, com o equivalente a 296,1 mil sacas de 60kg.

Fonte: Embrapa Café

Published inComércio Exterior

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *